JUST BEEN PAID. OFERTA DE 10$ NO REGISTO

Vídeo

Olá a todos,
Nestes dias livres, naveguei pela internet e descobri o site just been paid. É um site que realiza dinheiro através do vosso dinheiro. Paga-vos uma % por dia. Parece bom, certo? Ainda não sei pois só aderi há pouco tempo. Espero que seja rentável. Em baixo encontram o link para se registarem e ganharem 10$ grátis e imediatos. É claro que também me ajudam, caso se registem através do link em baixo. Tentem, e deixem a vossa opinião. Como, já referi, ainda não tenho uma formada, pois ainda estou a explorar o site. Quem sabe se um dia isto não traz rentabilidade=) Fiquem bem e bons investimentos=)

Uma vez mais, não se esqueçam de deixar a vossa opinião. É muito importante para mim e para os demais leitores. Obrigado!

LINK PARA EFECTUAR REGISTO

Ganhar dinheiro na net!!

beruby

( clicka aqui para ires para o site do BeRuby ) - BRASIL

( clicka aqui para ires para o site do BeRuby ) – PORTUGAL

Registei-me para ver como funcionava e eles dão logo 1€ só para te registares.. depois fui ao facebook e ao sapo, e quando fui ver já tinha 1.02 EUR! Estava mesmo a contar os clicks e dar dinheiro. Parece uma maneira bem fácil de ganhar uns trocos na net, sem trabalho nenhum.

Share on Facebook

Claudia Schiffer posa «quase» nua

Claudia Schiffer aparece em topless na capa da revista Vogue alemã do mês de Junho. Para aqueles que achavam que a modelo já não tinha idade para estas andanças, desenganem-se: a super-modelo continua em forma.

Aos 37 anos, Claudia Schiffer fez uma sessão fotográfica arrojada e muito sensual para o famoso fotógrafo Mário Testino. O tema deste trabalho foi o «sexo».

Na fotografia escolhida para capa da publicação, a modelo aparece de máscara, cinto de ligas e com os seios cobertos apenas com as mãos.

Japoneses celebram «Festival do Pénis»

Todos os anos os japoneses reúnem-se para festejarem «Hōnen Matsuri», ou o «Festival do pénis», onde celebram a fertilidade, escreve o site brasileiro Terra.

No âmbito das festividades, um gigantesco falo é transportando por homens de 42 anos, idade considerada crítica pelos devotos, entre dois santuários. O objecto é feito de madeira, tem 2,5 metros de altura e pesa 280 quilos.

O pénis gigante é depositado no túmulo de Tagata Shinto, que fica no templo da deusa Takeinadane-no-mikoto, deusa da fertilidade.

No «Festival do Pénis» são comuns os alimentos com formatos fálicos. Os mais famosos são salsichas enroladas em pão, que simboliza o órgão genital feminino.

Pamela Anderson despiu-se para Hugh Hefner

Pamela Anderson surpreendeu Hugh Hefner, fundador da Playboy, no dia do seu 82º aniversário, aparecendo nua na festa de aniversário privada.

Hefner foi apanhado de surpresa quando Pamela surgiu completamente nua, usando apenas de sapatos de saltos altos, na festa que se realizou num hotel em Las Vegas.

O fundador da Playboy fez-se acompanhar na festa pelas suas três namoradas, Kendra Wilkinson, Bridget Marquardt e Holly Madison.

Pamela Anderson, de 40 anos de idade, já foi uma das «coelhinhas» da Playboy. Actualmente, a actriz está de volta à televisão, onde vai protagonizar um reality show sobre a sua própria vida.

57 mil euros por nu de Carla Bruni (uma pechincha)

Uma fotografia de um nu de Carla Bruni, mulher do presidente francês Nicolas Sarkozy e ex-modelo, foi adjudicada quinta-feira na leiloeira Christie s em Nova Iorque a um coleccionador chinês por 57 mil euros.

A foto a preto e branco do fotógrafo Michel Comte, tirada há 15 anos, representa a jovem mulher numa pose que aparentemente faz referência ao quadro «Les Poseuses» do pintor francês Georges Seurat (1859-1891), as mãos juntas para dissimular a sua intimidade. A foto deixa ver os seios nus.

Numa sala apinhada, estavam à venda mais de 200 fotos, entre as quais um retrato da actriz francesa Brigitte Bardot do fotógrafo norte-americano Richard Avedon que foi vendida por 114 mil euros, já incluída a comissão do vendedor.

A foto de Carla Bruni-Sarkozy, lote 64, foi disputada entre os pregoeiros por telefone, na internet e na sala. O vencedor, um homem de origem asiática estava na sala e foi imediatamente protegido dos jornalistas pelo pessoal da leiloeira.

O retrato de Carla Bruni-Sarkozy estava a leilão por 2,5 mil euros mas começou logo a ser licitado nos seis mil euros.

Os melhores blogs de erotismo!

Preferem a net ao sexo e aos amigos

A agência de publicidade americana JWT fez um inquérito telefónico entre 7 e 11 de Setembro último. Entrevistou cerca de mil adultos e concluiu, segundo avança o site de informação brasileiro Estadão, que uma grande parte dos inquiridos não aguenta ficar mais de dois dias desconectado.

Os participantes reconheceram mesmo que, às vezes, trocavam o sexo e os amigos pela Internet.

«Quanto tempo consegue estar sem se ligar?» era uma das perguntas. Cerca de 15 por cento respondeu «um dia ou menos», 21 por cento disse «dois dias» e 19 por cento «alguns dias». Apenas um quinto dos inquiridos reconheceu conseguir estar «uma semana» longe da Internet.

Segundo Ann Mack, da JWT, «as pessoas revelaram que ficam ansiosas, sentem-se sozinhas e ficam chateadas quando se desconectam». Um facto que demonstra «como a tecnologia está a mudar o comportamento das pessoas», acrescenta

A pesquisa revelou ainda que tanto os telemóveis como a Internet representam uma parte essencial da vida das pessoas. Mais de um quarto dos entrevistados admitiu passar mais tempo a falar «em rede» do que directamente com as pessoas. E cerca de 20 por cento assumiu ter menos relações sexuais por passar muito tempo «ligado».

Contrapondo a televisão, o telemóvel e a Internet foi perguntado aos participantes: «qual era o mais necessário?». Ganhou a Internet. Quanto ao objecto do qual não prescindiam, o telemóvel ganhou à televisão.

Atenção: Filme Pornográfico. Proibido Para Menores De 18 Anos.

Márcia Imperator, a mulher que mais entende de infidelidade no Brasil vai casar-se. Agora só resta saber quanto tempo a nossa Márcia vai resistir antes de dar os seus pulinhos extra-conjugais. Confira toda a fome de sexo de Márcia num filme que vai fazê-lo repensar o seu casamento.

Codec;XviD
700MB

Link Parte 1
Link Parte 2

Aquasexo. Aprenda a fazer

Image

É o parque aquático da moda este ano. Tem praia, piscina, jacuzzi e banheira de espuma. A rapariga fica por sua conta. A técnica? Nós explicamos!

O objectivo deste artigo passa, fundamentalmente, por devolver adrenalina à sua relação conjugal. Seguindo a opinião da Dra. Cláudia Morais, psicóloga, terapeuta familiar e individual (http://www.psicoterapia.pt.vu/) que defende que “a diversidade de meios de divulgação de ‘técnicas’ de exploração do prazer sexual permite actualmente que o casal possa enveredar por uma pesquisa a dois de novas formas de se satisfazerem sexualmente”, sugerimos que experimente ou repita o sexo aquático. As mulheres adoram e os inquéritos sobre fantasias sexuais confirmam. Pronto para o mergulho?

No Duche

USAR BEM O SABONETE » Escolha uma esponja suave e passe-a pelo corpo dela. Depois, peça-lhe para fazer o mesmo no seu corpo. Se a quer ver realmente ao rubro, proponha-lhe que se ensaboe a ela própria, como se você ali não estivesse. Ela irá adorar ser observada.
E, quem sabe, isso ajudá-la-á a perder qualquer inibição.
CARÍCIAS MAIORES » Masturbar-se mutuamente no duche é muito excitante. Ela, para o fazer a si, pode utilizar o sabonete habitual, mas você deve tomar determinadas precauções. O PH do corpo é diferente do da vagina. Esse universo que se oculta entre as pernas dela tem as suas leis próprias e um agente externo pode facilmente causar-lhe irritação. Os sabonetes de odores de essências não são recomendáveis porque podem ser muito agressivos para a pele.
O MOMENTO IDEAL » Quando voltam da praia ou da piscina. Pode também ser uma boa forma de começar o dia.



Na banheira

Preparar o ambiente » Todas as mulheres têm a fantasia de fazer amor em banheiras redondas, cheias de espuma e de pétalas de rosa. Então, porquê esperar para crer? Prepare já o ambiente. Velas, pétalas a flutuar na água, óleos de essências e incenso transformá-la-ão numa autêntica deusa do sexo disposta a abandonar todos os preconceitos. Jactos de prazer » Já por diversas vezes ouvimos dizer que as mulheres se masturbam com o jacto de água. Não é um mito. É muito frequente e divertido. É um hábito que vem da adolescência, quando se descobrem os mecanismos do prazer quase por acidente. Que tal começar por estimulá-la dessa forma?
A posição do barco » A melhor posição nestes casos é a do barco, isto é, ambos sentados e entrelaçados frente-a-frente. É a melhor maneira de evitar que se magoem na torneira da banheira.

Num jacuzzi

Preocupe-se com os pormenores » É o lugar ideal para fazer despertar essa princesinha que vive dentro da sua cara-metade. Mas antes tem de fazer uma pequena investigação dos locais que dispõem de jacuzzi dentro do quarto. Depois é só começar a preparar o terreno. Neste caso poderá igualmente utilizar as habituais máximas: usar um frappé com uma boa garrafa de champanhe dentro, dois copos e uma qualquer receita culinária afrodisíaca. Ela revelar-se-á sexualmente louca, como você nunca imaginou ser possível.
O patinho está de volta » É um clássico que nos faz recordar os banhos de infância, mas agora numa versão para adultos. Em algumas sex-shops da Internet encontra patos com vibração, prontos a dar um toque divertido e estimulante ao banho. Encontrará também vibradores à provade água, para que não corra riscos de electrocussão, assim como uma marota esponja vibradora.
A posição » Aqui tem várias opções. Há espaço e água. Um meio mágico que transforma qualquer mulher numa delicada e maneável sereiazinha. Não se esqueça de aproveitar os degraus que a maioria dos jacuzzi têm para dar largas
à versatilidade posicional do acto, digamos assim.

O que fica guardado para o jacuzzi » Ela sentir-se-á relaxada, à-vontade e muito mais desinibida.

Na praia, na piscina ou no rio

Preparar o cenário » O que sempre funciona para excitar uma mulher é a antecipação. Procure um lugar retirado e assinale-o em terra firme. Explique-lhe o que vai fazer uma vez ali chegados. Não se poupe nos pormenores. Os bons amantes são aqueles que sabem jogar com o desejo da mulher muito tempo antes da penetração. Se o nível de excitação for elevado, ela estará disposta a experimentar tudo.

Vamos fazer “bandeira” » Muitos rapazes e raparigas brincam a fazer “bandeira”, ou sejam, nadam até longe, tiram o biquini e o calção, e começam a “enroscar-se” (quase) sem que os que estão na praia notem. Porque é que não faz o mesmo?! Repita a façanha própria da adolescência e deixe vir ao de cima os vossos instintos mais selvagens. O contacto da água num corpo nu é sempre muito sensual e libertador.
Ter pé » No cenário anterior, pouco mais dá do que para haver penetração. Todavia, o ideal é “ter pé”. Digamos que é a condição indispensável para uma boa relação sexual aquática, a não ser que os dois se dediquem à natação sincronizada.

É bom, não foi?

Image

É BOM… NÃO FOI?
Apesar de ser muito conhecida, mas pouco admitida, a ejaculação prematura é uma das disfunções sexuais mais comuns entre o universo masculino que, inevitavelmente, prejudica uma relação… e não nos estamos a referir apenas à relação sexual. Quando ainda se está na fase da adolescência é normal atribuir um orgasmo repentino à excitação do momento, à inexperiência própria de um jovem, e é relativamente fácil superar a situação uma vez que, de acordo com o Dr. Américo Baptista, Representante Nacional da Stress and Anxiety Research Society (STAR) http://www.star-society.org, “na fase inicial alguns jovens conseguem continuar o coito após a primeira ejaculação, sem perder a erecção, e assim manter uma vida sexual satisfatória, pois demoram mais tempo a ejacular da segunda vez conseguindo obter e proporcionar prazer”.

Contudo, com o passar dos anos, “a aptidão de ter duas ejaculações seguidas perde-se e a qualidade da vida sexual deteriora-se podendo levar à disfunção eréctil ou ao abandono da vida sexual”, alerta o especialista.

GRUPOS DE RISCO
É difícil definir exactamente a duração, ou o pouco tempo, que o acto sexual tem de durar para poder ser caracterizado de ejaculação prematura, mas se o orgasmo acontecer antes, durante ou imediatamente após ter penetrado a sua parceira… então é muito provável que seja o seu caso. Estima-se que esta disfunção sexual afecte cerca de 28% dos homens, principalmente os mais ansiosos, os que têm um ritmo de vida stressante, os sexualmente inseguros ou os que estão excessivamente preocupados em agradar às mulheres.

De acordo com o Dr. António Canhão, psiquiatra em Coimbra, a psicoterapia também pode ser uma ajuda, uma vez que “incentiva uma atitude de relaxa-mento que conduz a uma melhoria da situação”. Em qualquer destes casos, a ejaculação prematura é, quase sempre, consequência da ansiedade provocada pela possibilidade e um eventual… acontecimento sexual. Contudo, “o conhecimento deste tipo de problema, algumas noções básicas da sua origem e a colaboração da parceira são um primeiro passo importantíssimo”, refere o psiquiatra.

PORQUÊ A MIM???
Na grande maioria dos casos, a ejaculação prematura não está relacionada com uma causa orgânica, mas eventualmente pode ser provocada por uma infecção local como a prostatite ou com doenças neuronais degenerativas que possam afectar partes do sistema nervoso relacionadas com esta função sexual. Mas as causas não se ficam por aqui, pois esta disfunção também pode ter origem na utilização de substâncias ou drogas, assim como pode afectar homens que tenham adquirido o hábito de consumir álcool para atrasar o orgasmo (é verdade!) e, quando deixam de utilizar este “método”, já não conseguem aguentar o mesmo tempo e não controlam o tempo da ejaculação.

PRESTAÇÃO CRONOMETRADA
Não se preocupe, não estamos a propor-lhe que leve para a cama um relógio sempre que for ter sexo… isso só iria aumentar ainda mais a sua ansiedade! Normalmente, considera-se disfunção se o orgasmo masculino ocorrer menos de três minutos após a penetração. Contudo, se a sua prestação durar entre três a sete minutos, também pode ser considerada disfuncional se durante todo este tempo estiver preocupado somente com o controlo ejaculató- rio ou se interferir com a sua capacidade para estabelecer relações íntimas.

De acordo com a Dra. Erika Morbeck, psicóloga com especialida-de em Sexologia na Clínica Pelviclinic, Lisboa, e autora do site http://www.erikamorbeck.info, “o que é avaliado actualmente não é somente o tempo, mas também a satisfação subjectiva e o facto do homem conseguir conter ou prolongar a ejaculação”.

QUANDO O PROBLEMA PASSA PARA A CABEÇA
A ejaculação prematura pode originar uma série de problemas psicológicos, principalmente face à extrema importância que é atribuída às capacidades da satisfação da parceira e consequente adiamento da ejaculação, até porque um homem que de forma insistente e repetida tem ejaculações prematuras tende a ficar ainda mais ansioso perante a sua masculinidade e competência sexual. Mais grave que isso, esta disfunção acaba por afectar igualmente a parceira que se pode ressentir de não usufruir de uma experiência sexual satisfatória o que, eventualmente, origina problemas na relação.

A melhor forma de lidar com esta situação “consiste em aceitar o problema para se poder tratar”, alerta o Dr. António Canhão referindo que “existem dois tipos de terapêutica, uma cognitivo-comportamental e outra através de medicação, devendo, qualquer uma delas, ser acompanhada por médicos com formação em Sexologia” explica o psiquiatra.

VIDA A DOIS… PARA O BOM E PARA O MAU!
O apoio incondicional da parceira é uma importante ajuda para a resolução deste problema que afecta a vida íntima do casal, uma vez que quem sofre não é apenas o homem, detentor da insuficiência sexual, mas também a mulher. “Ignorar o problema é o primeiro passo para uma possível crise e consequentemente insatisfação”, alerta a Dra. Erika Morbeck. Contudo, é natural que o homem se sinta mais afectado, uma vez que se sente incapacitado para satisfazer plenamente no plano sexual a sua parceira. Perante esta situação, existem muitos casais que chegam a colocar a vida sexual de parte, o que não é nada saudável para uma relação originando, mais cedo ou mais tarde, uma ruptura.

TEMPO EXTRA
Antes de mais é importante relembrar que a ejaculação prematura é um problema relativamente comum da sexualidade humana, por isso não precisa de entrar em pânico. Algumas soluções podem melhorar a duração da sua actuação sexual, “mas cada caso tem que ser avaliado, pois as técnicas terapêuticas só produzem resultado depois de um trabalho base relativamente às causas da dificuldade”, explica a Dra. Erika Morbeck.

Alguns antidepressivos têm resultados práticos… mas depois de serem tomados podem regredir, “daí a importância de um trabalho conjunto com um terapeuta sexual”, refere a psicóloga. Não se esqueça que “o tratamento não envolve ensinar a sentir menos prazer, mas sim a gerir adequadamente, e sem ansiedade, o prazer das sensações”, conclui. 

Cocktails que conquistam mulheres!

Image

Todos estes cocktails são muito fáceis de preparar e indicados para surpreender qualquer mulher. Como não têm álcool podem ser bebidos all night long
Acabaram-se as desculpas, e as delas também, para não se renderem a estas bebidas deliciosas.

Image

Ingredientes milagrosos
2/3 Sumo de ananás
1 Colher de menta
1 Medida de leite condensado.
Vai ao shaker.
Decoração: Ananás.

Image

Ingredientes milagrosos
1/2 Sumo de laranja
1/4 Ginger-Ale
1/4 Xarope de romã
Decoração: Rodela de laranja e cereja.

Image

Ingredientes milagrosos
1 café
Gotas de limão
Licor de açúcar
Água muito Fria
Vai ao shaker.
Decoração: Grãos de Café.

Image

Ingredientes milagrosos
1/2 Lima
1 Colher de açúcar mascavado
Gelo picado
1/2 Refrigerante de lima-limão
Decoração: Rodela de lima.

Image

Ingredientes milagrosos
1/2 Cola bem fresca
1 Colher de gelado de baunilha
Natas batidas
Decoração: Raspas de chocolate e uma cereja.

Image

Ingredientes milagrosos
1/5 Sumo de ananás
1/5 Sumo maçã 1/5
Sumo de pêssego
1/5 Sumo pêra
1/5 Sumo laranja.
Gotas de xarope de romã
Vai ao shaker.
Decoração: Rodela de laranja e figo.

Image

Ingredientes milagrosos
1/2 Sumo de pêssego
1 Pedaço de manga
1/3 Refrigerante de lima-limão
Algumas gotas de groselha
Vai ao shaker.
Decoração: Manga.

Mamas, mamilos, soutiens

 

Image

Descubra o que elas escondem por baixo da blusa…
Aprenda a desenvencilhar-se, independentemente do volume que tenha à sua frente.

» Grandes

Por que nos agradam? Alguns antropólogos mantêm a teoria de que os peitos humanos evoluíram para um estado pendular, porque têm de cumprir a mesma função que os glúteos num babuíno fêmea: atrair os machos. Evidentemente, ao contrário das babuínas, as mulheres caminham erguidas, pelo que necessitam de ter os seus atributos sexuais à frente. Os biólogos, pelo contrário, opinam que foram criados pela natureza por questões de sobrevivência. Um homem primitivo tinha a difícil tarefa de perceber se se aproximava uma ameaça (um macho) ou uma forma de perpetuar a espécie (uma fêmea). Os seios ou a falta deles tinham um de dois significados: correr numa direcção ou noutra.

Como deve tratá-los? Num estudo realizado pela Universidade de Viena (Áustria), um grupo de investigadores com muita sorte descobriu que os peitos grandes eram 24% menos sensíveis do que os menores. Isto deve-se não só ao facto de os nervos estarem mais estendidos, como também ao maior comprimento devido ao peso. Se for o caso da mulher que tem na sua cama, peça-lhe que se deite de costas, pois isso fará com que os peitos se levantem e libertem o excesso de tensão sobre os nervos.

» Pequenos

Por que nos agradam? É uma questão estética cuja explicação se torna difícil. Alguns estudos parecem indicar que uns peitos pequenos fazem a mulher parecer mais vulnerável e que, portanto, desperta o instinto protector, o que é muito satisfatório para alguns homens.

Como deve tratá-los? São bastante mais sensíveis, sobretudo em redor do mamilo. Agarre-os com as mãos e toque com muito cuidado e delicadeza durante a relação amorosa.  O conselho da psicoterapeuta Mariagrazia Marini vai no sentido disso mesmo: “As mulheres usam o sentido do tacto como via do prazer, muito mais do que o homem e por isso adoram ser acariciadas com doçura”.

» Como tratá-los

Alguma mulheres conseguem ter um orgasmo quando são estimuladas nos seios. No entanto, a sensibilidade dos mamilos varia imenso de mulher para mulher. Veja o que deve fazer, consoante o peito que encontrar.

Mamilos grandes
Como têm mais terminações nervosas, os mamilos grandes costumam ser hipersensíveis, pelo que deve sempre acariciá-los com calma. Centre-se, sobretudo, na parte superior do peito dela(s).

Mamilos pequenos
A auréola (o círculo escuro que rodeia o mamilo) é mais sensível do que o mamilo em si. Segundo o Journal of Sexual Medicine, 82% das mulheres excitam-se quando o parceiro lhes estimula essa zona.

Mamilos invertidos
Um estudo recente diz que 3% das mulheres têm os mamilos invertidos, ou seja, para dentro. Como as terminações nervosas não são diferentes, pode conseguir com que os mamilos “saiam” através de carícias, beijos, lambidelas e uma sucção suave. Há mulheres capazes de alcançar o orgasmo com a estimulação do seio, mas a sensibilidade dos mamilos varia. Trate-os com cuidado.

Mamilos pós-parto
Depois do nascimento de um filho, os mamilos tornam-se mais suaves e escuros. Os recém-nascidos não distinguem as cores, pelo que é o tom mais escuro o que os guia até à sua fonte de alimentação.

» O mundo dos soutiens

Cada mulher sabe o que melhor lhe assenta. Fique a conhecer um pouco como funciona este universo, ainda que seja apenas para aprender a desabotoá-los ou para acertar quando lhe oferecer roupa interior.

1. Balconette

Image

Este tipo de soutien tem uns aros ou umas costuras nas copas para subir e salientar o peito. São ideais para mulheres com seios pequenos.

2. Decotado

Image

Estes soutiens têm uma peça central que une as duas copas. Isto, juntamente com o efeito que realça o decote, faz deles o modelo ideal para camisas e tops com um decote em bico muito pronunciado.

3. Copa inteira

Image

São ideais para peitos grandes, uma vez que cobrem mais e aguentam melhor o peso do peito. Apesar de serem “os do dia-a-dia”, se um homem optar por oferecer um soutien de copa inteira, pode contar também com modelos sexys com rendas ou bordados, juntando as cuecas a condizer.

4. Com chumaços

Image

A melhor opção para as mulheres que querem destacar, sem passar pelas mãos de um cirurgião plástico, aquilo com que foram presenteadas pela natureza. Muitas estão equivocadas ao usarem soutien com a copa demasiado pequena para que esta lhe junte o peito. Não só é incómodo como pode levar a que as alças se cravem na pele.

Seduzir uma mulher em segundos. É realmente possível

Image

Cientificamente comprovado: no momento de seduzir o que conta é a primeira impressão. Apesar da atracção física ter um papel importante, apenas demonstrando os seus dotes de sedutor conseguirá levá-la para a cama. Só tem de controlar os seis factores que se seguem… e deixe que ela faça o resto.» A primeira abordagem
Quando decidir expor-lhe a sua intenção, faça-o com bastante segurança. Isso passa, sobretudo, por sentar-se ao lado dela e por falar olhos nos olhos.

» Deixe-a à-vontade
O primeiro contacto é fundamental para determinar a receptividade dela durante a conversa. Toque-lhe fortuitamente na mão durante a conversa. Segundo um estudo da Universidade de Alabama (EUA), se sentir que ela tem as mãos ligeiramente suadas, significa que está nervosa e que é tímida e insegura. Cabe-lhe abordá-la com inteligência de forma a deixá-la à-vontade.

» Imite-a
Quando as pessoas se sentem atraídas tendem a utilizar a mesma linguagem corporal. Se ela lhe toca no braço ou na perna distraidamente, retribua passados alguns minutos. Gostava de saber onde fica o ponto G “exterior”? O antebraço. É uma zona repleta de terminações nervosas…

» O que lhe conta
Não deixe de lhe passar uma boa imagem de si, mas não entre em exageros. Não fale demasiado, sobretudo acerca do seu sucesso pessoal ou profissional, a não ser que ela pergunte directamente. Um bom segredo é falar no mesmo ritmo e intensidade que ela. Revelará mais inteligência, amabilidade e confiança, pelo menos foi essa a conclusão de um estudo da Universidade de Maryland (EUA).

» A pergunta mágica
Faça perguntas cujas respostas lhe revelem detalhes pessoais dela, como: “os teus amigos parecem muito simpáticos, onde é que os conheceste?” Certamente que ela lhe contará histórias interessantes do seu passado. Já agora, sabia que recordar boas memórias liberta dopamina, uma substância que melhora o estado anímico.

» Não diga adeus
Conscientemente ou não, se você conseguir causar-lhe boa impressão durante as primeiras conversas, ela pensará que você mantém esse nível… na cama! Para tal, deve abordar temas que saiba que lhe interessam, como música, moda, etc. Se demonstrar um gosto refinado, ela pensará que você possui outras sensibilidades que vale a pena explorar… dentro de quatro paredes.

Como deixar uma mulher louca. Eis a resposta

 

 

Image

Há uns anos, mais ou menos quando Sting começou a escrever baladas entediantes e a elogiar as virtudes do sexo tântrico de 8 horas, começou a ocorrer um fenómeno curioso: os homens começaram a procurar cursos nos quais se aprende a ter erecções prolongadas; as mulheres, pelo contrário, diziam: “Não, obrigada”.

Esta atitude, que à primeira vista poderia parecer de ingratidão, era o primeiro sintoma de um facto que até aquele momento ninguém se atrevia a reconhecer. A verdade é que o sexo com penetração, independentemente de quão longo, sensual e acrobático que seja, raramente conduz ao orgasmo feminino. O que funciona e dá prazer à maioria das mulheres é utilizar com certa habilidade e duração (entre 10 e 30 minutos), os dedos, a língua, vibradores… De facto, quase tudo, com excepção para um pénis erecto.

A penetração vai acabar
Não é que as mulheres sejam incapazes de alcançar o orgasmo através da penetração. Algumas conseguem-no, ainda que só de vez em quando. Também não é verdade que a maior parte delas não sinta prazer com a penetração. Uma maioria, sim. Mas a verdade é que, pelo menos, 70% das mulheres nunca teve nem terá um orgasmo apenas através da penetração.

Os revolucionários relatórios sobre sexo de Kinsey trouxeram para a ribalta a importância do clítoris. Os célebres sexologistas Master e Johnson, após estudarem mais de 14.000 coitos, destacaram a importância do clítoris e concluíram que existe apenas um tipo de orgasmo, independentemente da forma como é obtido. Então, porque não chega essa mensagem até nós? Nos filmes é comum assistirmos a dois amantes que copulam harmoniosamente em contraluz acompanhados de música pop e, dez segundos depois, ambos estremecem em uníssono. Esse sexo só existe na ficção! Na realidade, para se ser um bom amante é preciso estar-se dotado de técnicas completamente diferentes.

Aperfeiçoar a técnica
O terapeuta sexual norte-americano Ian Kerner há anos que luta para que o sexo sem penetração suba à primeira divisão. No seu influente livro She Comes First: The Thinking Man’s Guide To Pleasuring A Woman (Ela vêm-se primeiro: O guia do homem inteligente para dar prazer a uma mulher), Kerner argumenta que, se as pessoas entendessem que o sexo não é igual a coito, o prazer nacional bruto aumentaria no mundo inteiro. Segundo ele, isto seria possível graças a uma série de actividades que englobam mãos, dedos, língua, lábios e, numa proporção muito pequena, o pénis. Em matéria de orgasmo feminino, diz, a penetração não pode competir com o cunnilingus.

» Pelo menos 70% das mulheres nunca teve (nem terá) um orgasmo unicamente através da penetração.

Dizer sim aos preliminares

Image

Os estudos clínicos sugerem que há cinco vezes mais homens que crêem que sofrem de ejaculação prematura do que homens a pensar que padecem de disfunção eréctil. O maior segredo para evitá-la reside mesmo numa boa dose de preliminares. Mas há técnicas que ajudam a retardar o orgasmo. “Uma delas passa pela pressão, que consiste em utilizar os dedos indicador e polegar para apertar levemente num ponto situado entre o escroto e o ânus, durante quatro ou cinco segundos, ao mesmo tempo que respira profundamente”, explica Alicia Gallotti no novo livro Kamasutra do Sexo Oral – Livros D’Hoje.

 

 

Image

Resultados orgásmicos
A questão mais importante é saber se a penetração pode fazer algo mais que “aquecer” o ambiente para que depois termine o trabalho por outros meios. Em experiências laboratoriais (que não é certamente o ambiente mais apropriado) uma percentagem minoritária de mulheres necessitou de estimulação durante, pelo menos, uma hora para alcançar o orgasmo, ainda que o tempo necessário diminua. Em média, a maioria das mulheres necessita de 20 minutos no laboratório. O tempo mais curto registado nesse lugar é de 15 segundos, mas semelhante velocidade é pouco frequente.

Elas confessam-se:
6 truques para deixá-las loucas

1. Ponha lubrificante.
“Mesmo não estando completamente excitada, a sensação do lubrificante friccionado nos lábios vaginais deixa-me muito perto do orgasmo”. – Ana Clara, 29 anos, Lisboa.

Independentemente do lubrificante que escolher – pode comprá-lo “secretamente” em sex-shops online -, assegure-se de que não tem base de óleo, ou corre o risco de danificar o preservativo (que deve usar).

2. Utilize bem a língua.
“O homem tem de colocar a língua plana sobre o meu clítoris, como se chupasse um gelado, e depois massajá-lo exercendo um pouco de pressão. Pelo menos comigo é assim”. – Elisabete, 26 anos, Lisboa.

Utilize toda a boca e não apenas a língua; os lábios também servem para estimular o clítoris.

3. Experimentem um vibrador (não tem de o usar para penetrá-la).
“A vibração sobre o clítoris é muito excitante. Se por cima introduzir um dedo, o prazer quadruplica”. – Viviana F., 31 anos, São Paulo.

Se não quer que o vosso filme passe de porno a terror, corte bem as unhas, amigo.

4. Use as palavras certas.
“Sou muito sensível às vibrações e, por vezes, um vibrador pode ser demasiado. Se o meu namorado murmurar algo enquanto faz sexo oral, aí enlouqueço”. – Helena, 29 anos, Lisboa.

Tente descobrir como ela está atractiva enquanto lhe faz o cunnilingus. A combinação do seu hálito quente e as vibrações da voz aumentarão a sensação de prazer dela.

5. Aposte no impensável.
“Não consigo ter um orgasmo só com a penetração, mas se ele trouxer coisas diferentes para a cama, chego lá com bastante facilidade, e mais do que uma vez”. – Cristina, 27 anos, Almada.

Experimente o Durex Play Vibrations, um anel com vibrador de clítoris que encaixa comodamente no pénis.

6. Use mais os dedos.
“Com um dedo dentro, o polegar sobre a minha púbis e o olhar fixado no meu… é a melhor maneira para chegar ao orgasmo. A base do polegar acaricia-me o clítoris”. – Maria, 36 anos, Vila Franca de Xira.

Experimente penetrá-la de lado segurando ela o pénis entre um dos dedos e o polegar; de cada vez que empurrar, a mão dela acariciará o clítoris, o que deverá ajudá-la a alcançar o clímax. Depois é a sua vez.

 

203 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama

Olivia St. Claire ensina técnicas sexuais, ressaltando o valor da criatividade num assunto tão importante. As sensações ” Preparando o palco”, “Preliminares fabulosas”, “Os segredos do bom sexo” e “delícias orais” já dão uma ideia do conteúdo explosivo que espera o leitor. Por via das duvidas, o livro traz um apêndice de princípios para o sexo seguro.